A Ressaca da Comparação - você já teve?

May 30, 2017

Há uns meses, cruzei pela primeira vez com o conceito "Comparison Hangover" - ou Ressaca da Comparação. Eu nunca ouvido falar, mas entendi na hora o que era:

 

Aquela sensação azeda de que você está no lugar errado.

Na prática, a Ressaca da Comparação é quando começamos a conversar, ler e acompanhar no instagram pessoas bem-sucedidas, que "chegaram lá": que tem relacionamentos, trabalhos e vidas diferentes das nossas - e, nas nossas visões, melhores.

 

Esta Ressaca acontece quando, ao invés de nos inspirarmos com as histórias, nós nos intoxicamos com elas e nos sentimos piores.

E, mais grave, quando passamos a duvidar de nós mesmos e, até, abandonamos caminhos que estamos construindo.

 

Mas em que momento a Ressaca aparece? O que desencadeia?

Um cenário, e talvez o mais falado, é

Quando não se sabe o que significa ser "bem-sucedido" para você.

É ter um emprego em uma empresa bacana? É viajar pelo mundo enquanto é nômade digital? É ter o próprio negócio? Ou é ter um trabalho que paga bem e pronto?

Quando não se sabe o que quer, qualquer receita de vida bem-sucedida (e foto sorridente) parece uma boa idéia e o caminho para "comprar o que é sucesso" de outras pessoas fica livre e tentador.

O segundo cenário em que a Ressaca aparece é Quando você sabe o que quer - por exemplo, ter um emprego em algo relacionado à criatividade, com um salário legal (dá para pagar as contas e viajar nas férias) e ter qualidade de vida.

 

Mas você ainda NÃO TEM CERTEZA se é possível conseguir.

Será que este tipo de vida é existe? Será que eu tenho o talento necessário? Será que vão me contratar nestes termos (criação + salário legal + qualidade de vida)?

"Hum… por via das dúvidas, acho melhor seguir o caminho daquele meu amigo que parece super feliz trabalhando na empresa X, Y, Z. Já que deu certo para ele, pode dar para mim"

Estes questionamentos e dúvidas na maior parte das vezes acontecem num nível mais sutil, quase inconsciente, e o que colhemos de resultado é, como eu disse, esta sensação azeda de que você está no lugar errado.

O aspecto mais perigoso deste ciclo é que quando "compramos o sucesso de outras pessoas" nos afastamos de quem somos de verdade.

A nossa Autenticidade está atrelada à nossa essência, a tomar decisões que tenham a ver com o tipo de pessoa que somos e a vida que queremos ter.

Agir com liberdade, ou seja, tomar decisões conscientes e verdadeiras. Mesmo quando não há garantias de "dar certo".

Claro que devemos buscar histórias de pessoas bem-sucedidas, elas podem (e devem) servir de inspiração.

Mas que elas venham como referências e não como verdades tóxicas.

Que você saiba qual parte dessas histórias faz sentido para você e o que não combina com a sua vida. Que você se inspire sim, mas não se prenda e não se intoxique.

 

Inspire-se, mas não pire.

 

E você? Já passou por esta Ressaca? Como foi? Conta para mim!

Se quiser dar um passo além, preparei um programa maravilhoso, de 4 encontros para acessarmos nossa vulnerabilidade e autenticidade.

 

"Isso NÃO é um clube do livro" - que tem como base o livro "A Coragem de ser Imperfeito" - da Brené Brown.

 

Saiba mais: http://bit.ly/isso-nao-e-um-clube-do-livro

 

 

Estefânia Barsante tem a missão de Provocar e Inspirar relações mais autênticas (no trabalho e na vida) ❤

É Psicóloga formada pela UFMG e Coach de Carreira, com MBA em Administração e Empreendedorismo pela FGV. É criadora do conceito Carreira Líquida e pioneira em aliar práticas de Design Thinking ao Desenvolvimento de Talentos e Felicidade no Trabalho. É sócia-fundadora do Work Up Lab.

Quer saber mais? www.estefaniabarsante.com | www.workuplab.com

Ou mande um ALÔ no email ola@estefaniabarsante.com — terei o maior prazer em te responder :)

 

 

Please reload

Recent Posts

Please reload

Archive

Please reload

Tags

  • Preto Ícone YouTube

Carreira Líquida - desde 2016 ♥